California

655 Campbell Technology Parkway,
Suite 200
Campbell, CA 95008 USA

Phone: +1 408 574 7802
Fax: 1 408 377 3002

2 Março, 2022     5 minutos de leitura

PIM vs. PLM: qual o melhor software para empresas de moda?

Talvez sua empresa esteja em rápido crescimento e você está pesquisando qual o melhor software para lidar com a quantidade – já excessiva – de informações dos produtos. Ou talvez o crescimento da sua empresa esteja estagnado e, com tantas informações espalhadas em e-mails e planilhas, entender onde está o gargalo se tornou sua missão.

De qualquer forma, você já deve ter compreendido que a transformação digital não é mais um diferencial e sim uma necessidade para os varejistas, marcas e fabricantes enfrentarem os desafios do mercado atual, permanecerem competitivos e manterem os consumidores satisfeitos.

Mas agora, a sua dúvida é: qual software atenderá nossas necessidades e nos trará o melhor custo-benefício?

Atualmente, muitos sistemas de dados e serviços são reduzidos a acrônimos com 3 ou 4 letras, como MDM, ERP, DAM, PDM, PIM e PLM. Se essa sopa de letrinhas parece complicada, não se preocupe. Nós pontuamos o conceito básico de cada uma delas para você aqui.

Hoje, nós vamos focar no conceito e benefícios do PIM em relação ao PLM.

 

consultor integrando informações dos produtos do PLM ao PIM

O que é PIM?

Um PIM, ou sistema da Gestão de Informações do Produto, geralmente armazena e distribui informações do produto que são necessárias para vendê-lo ao cliente final, como imagens, cores, tamanhos e descrição de itens em diferentes idiomas.

Ele se conecta a outros sistemas, como o ERP, para detalhar, por exemplo, preços em diversas moedas e enviar essas informações para plataformas, como seu e-commerce, catálogos de produtos, parceiros omni-channel, etc.

Os tipos de dados armazenados em um PIM podem variar muito por tipo de produto ou o país onde será vendido. É válido destacar que as informações dos produtos em um PIM são menos detalhadas. A missão do PIM é conter apenas informações de marketing e vendas.

O que é PLM?

O software de Gestão de Ciclo de Vida do Produto (PLM, do inglês Product Lifecycle Management) nasceu inicialmente para o processo automotivo e aeronáutico, que tinham ciclos de vida muito longos, mas ele se achou muito bem no frenético mercado da moda.

O software PLM é uma ‘fonte única da verdade’ para dados em tempo real relacionados a produtos conectando equipes internas e fornecedores externos através de todo o ciclo de vida do produto, permitindo o desenvolvimento de produtos, do conceito ao varejo, em uma única plataforma.

Em nosso webinar Mercado&Consumo Talks: O Impacto da Tecnologia no Varejo, Leandro Silva, Diretor Comercial da Centric Software® no Brasil, explica bem o conceito: “Então, você prepara um ambiente que seriam as cores, os materiais, a tendência, que aquele produto vai nascer. Depois, esses estilos já começam a ser criados e desenvolvidos. Em paralelo, vão acontecendo materiais, estampas, desenvolvimento de novos produtos para entrarem nessa cartela, até chegar ao final do processo onde você vai fazer testes, prototipagens, em seguida produção, logística, entrega e venda. Depois o ciclo se repete e você tem que medir o resultado disso tudo. É um processo cíclico e a moda é cíclica”.

Sistemas e o ciclo de desenvolvimento e vendas: PIM, PLM e ERP

Como o escopo do PLM moderno é tão vasto, não é surpresa que ele tenha se tornado um dos sistemas “base” principais para empresas de moda e varejo, onde os produtos começam e fluem para outros sistemas, como ERP, para monitoramento de inventário, PIM e DAM para vendas, etc. Às vezes, as empresas usam esses sistemas de diferentes maneiras, com base em sua estrutura organizacional e processos internos.

Qual a diferença entre PIM e PLM?

Então, em resumo, a diferença entre o software de Gestão de Informações do Produto (PIM) e o de Gestão de Ciclo de Vida do Produto (PLM) é que as informações gerenciadas pela equipe de vendas e marketing no PIM são dos produtos já prontos. Enquanto no PLM, equipes de P&D, designers, merchandisers, desenvolvedores de produto, fabricantes, fornecedores externos, equipes de sourcing e de gestão de qualidade colaboram desde a etapa inicial de concepção, planejamento, criação e desenvolvimento dos produtos e coleções até a apresentação e venda aos varejistas.

Quais os benefícios do PIM e do PLM?

Como a missão do PIM é distribuir informações dos produtos para os setores de marketing e vendas, o principal benefício de um software de Gestão de Informações do Produto é o aumento da qualidade e padronização das informações dos produtos em todos os canais de distribuição e pontos de contato com os clientes.

A consequência disso é um aumento na produtividade e eficiência das equipes de produto, marketing e vendas, já que não há mais desperdício de tempo buscando informações em diversos locais diferentes; uma redução de erros nas informações dos produtos, que podem levar a devoluções; e por fim, um aumento nas vendas, devido ao enriquecimento das informações dos produtos nos canais de vendas, o que leva mais clientes às páginas dos produtos, auxilia a equipe de vendas e facilita o marketing.

Já os benefícios do PLM são inúmeros, pois o software atua do conceito dos produtos ao varejo, mas conseguimos agrupá-los em 3 fatores-chave: agilidade, eficiência e inovação. Para ilustrar, veja os resultados alcançados pelos clientes da Centric Software, líder mundial em soluções de Gestão do Ciclo de Vida do Produto no setor de moda e varejo:

PIM vs. PLM: os benefícios do PLM em números

Qual a melhor solução, PIM ou PLM?

Transformar digitalmente a gestão é um investimento com grande potencial de retorno, porém, segundo uma pesquisa da McKinsey, quase 74% das tentativas não produziram seu máximo valor potencial. Esses esforços têm sido prejudicados por um erro crucial: as empresas estão falhando em adotar uma abordagem de ponta a ponta em toda a empresa.

Enquanto uma solução de PIM organiza e distribui as informações dos produtos para que eles sejam divulgados e vendidos, é no PLM que o produto nasce. Por isso, muitas pequenas e médias empresas de moda começam com um sistema PLM e, conforme crescem, adicionam outros sistemas de negócios. O PLM é a espinha dorsal de toda a arquitetura digital da empresa.

Ambas as tecnologias têm papéis importantes a desempenhar, mas quando uma solução PLM se torna o ponto central para todas as informações relacionadas ao produto, ela atua como uma base digital para os dados do produto e pode reforçar o poder das funções de um PIM. Ter esses dois sistemas integrados resulta em uma série de benefícios:

  • Importação automática de SKUs no PIM;
  • Gestão centralizada de informações dos produtos;
  • Importação da descrição do design do produto diretamente no PIM;
  • Economia de tempo na entrada de dados;
  • Menos erros na entrada de dados;
  • Time to market mais rápido.

 

 

Share this article